Por que vale a pena investir em uma franquia odontológica?

6 minutos para ler

Empreender é o objetivo de muitos brasileiros. Uma reportagem da revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios (PEGN) mostra que 66% dos entrevistados em uma pesquisa disseram que desejavam ter o seu próprio negócio. Pensando nisso, é importante conhecer as oportunidades que uma franquia odontológica abre aos investidores.

No entanto, antes de falarmos especificamente do mercado de franquias odontológicas no Brasil, é necessário responder algumas perguntas que ficam sem respostas na cabeça de quem deseja investir. Por isso, decidimos publicar este artigo.

Nele, vamos analisar o cenário macroeconômico do Brasil de 2020, o interesse dos brasileiros por tratamentos odontológicos e as oportunidades que uma franquia oferece — além de dar dicas para que você, investidor, faça a melhor decisão na hora de empreender.

O que é, afinal de contas, uma franquia odontológica?

Quando uma pessoa decide empreender, ela precisa dedicar muito tempo e recursos na criação de uma marca. Estudos de mercado, pesquisas de público-alvo, análise de concorrência, estratégias de marketing etc. São muitas tarefas para serem cumpridas.

Bem, talvez você esteja pensando que tudo isso não é importante, já que não ouve os empresários que conhece falando desses temas. Você está parcialmente certo. Muitos brasileiros ignoram essas necessidades — e é justamente aí que mora uma das razões da alta taxa de falência dos negócios no Brasil.

De acordo com um estudo publicado pelo Sebrae, a falta de planejamento é a principal causa do fracasso empresarial em nosso país. Nesse sentido, investir em uma franquia se mostra vantajoso, pois o franqueador terá todos esses estudos disponíveis para o franqueado, além de já ter uma marca forte no mercado e estratégias de marketing predefinidas.

Respondendo à pergunta do título deste tópico, uma franquia odontológica é um modelo de negócio, voltado ao mercado odontológico, que é oferecido ao empresário no sistema de franquia. Ou seja, o investidor terá todas as vantagens dessa parceria, caso deseje investir nesse segmento.

Precisa ser dentista para ter uma franquia odontológica?

franquia odontológica

Ser formado em Odontologia não é pré-requisito para ser franqueado, assim como não é necessário ser professor de inglês para investir em uma franquia de idiomas ou cozinheiro para ser franqueado de um restaurante. Basta que a pessoa deseje ter o seu próprio negócio e esteja ciente do que significa ser um empresário.

É lógico que muitos dentistas optam pelas franquias odontológicas, uma vez que esses profissionais já têm o hábito de empreender, abrindo consultórios particulares. Aliás, em muitas universidades, o tema empreendedorismo é tratado durante o curso de Odontologia.

Como está o mercado de tratamentos odontológicos no Brasil?

Estamos cada vez mais atentos ao sorriso. A odontologia estética já não é algo raro aos brasileiros, sendo buscada por pacientes de todas as idades. Um dos fatores que contribuiu para que isso ocorresse foi o tratamento humanizado oferecido por algumas empresas, de modo a reduzirem o medo das pessoas em relação à figura do dentista.

Aliás, esse é um dos pilares da Odontoclinic. A marca se esforça para dar aos pacientes uma experiência acolhedora e atenciosa. Essa abordagem é fundamental para consolidá-la como uma empresa de confiança, contribuindo para que a imagem do empreendimento seja associado às emoções positivas, como a segurança.

Se você está pensando em ter uma franquia odontológica, precisa ficar atento a esses detalhes. Por mais que uma empresa ofereça tratamentos de qualidade ou que ela invista muito em publicidade, será a relação da marca com o paciente que determinará o sucesso do empreendimento. Nesse sentido, os franqueados da Odontoclinic têm a segurança de uma marca que desde o início de suas operações sempre se preocupou com o bem-estar dos pacientes.

Vou conseguir contratar profissionais?

Um dos receios de todo empresário é o de não conseguir contratar pessoas qualificadas para o seu negócio. Em relação ao segmento odontológico, esse risco é muito pequeno.

Em primeiro lugar, é necessário frisar a qualidade dos cursos superiores em Odontologia no Brasil. Os estudantes brasileiros têm acesso a grades de aulas modernas, adaptadas às necessidades odontológicas dos brasileiros. Além disso, os Conselhos Regionais de Odontologia (CRO) existem para fiscalizar a atuação dos profissionais, garantindo uma postura ética e honrada por parte dos dentistas.

Também existe o fato de que o Brasil tem mais de 300 mil dentistas, de acordo com o CRO. Somos o maior país do mundo em número de dentistas aptos para atender à população. Sendo assim, não há riscos de o empresário não conseguir formar uma equipe de excelentes profissionais.

Como manter meu negócio atualizado?

Como qualquer outro segmento, a odontologia também segue evoluindo graças à tecnologia. Um exemplo são os alinhadores ortodônticos invisíveis. Nesse sentido, o empresário precisa entender quais tecnologias são viáveis para o mercado brasileiro e para o seu público-alvo, além de definir quais são os fornecedores adequados para o seu empreendimento.

Novamente, o apoio de uma franqueadora é importante. Na Odontoclinic, por exemplo, os franqueados sabem que a empresa acompanha as tendências e cruza essas informações com dados de pesquisas e estudos sobre o mercado brasileiro.

No caso de um empresário que não tem o suporte de uma franqueadora, ele corre o risco de não avaliar a viabilidade de uma nova tecnologia para o contexto da sua empresa, fazendo com que faça um investimento equivocado e tenha prejuízos. Conhecer o mercado é muito importante, independentemente do segmento.

Bem, após a leitura deste artigo você deve ter entendido mais sobre o mercado de odontologia e sobre as oportunidades de ter uma franquia odontológica — além de ter descoberto que não precisa ser dentista para fazer parte desse setor com grandes margens de lucro em nosso país e que se destaca como o que mais cresce no Brasil.

Mais do que estar em um mercado que trabalha para que as pessoas, literalmente, voltem a sorrir com mais confiança, o empreendedor de uma franquia odontológica tem acesso a um modelo de negócios sólido, altamente tecnológico e adaptado às nuances do público brasileiro.

Ficou curioso sobre o Odontoclinic? Então, fique à vontade para conversar com a nossa equipe. Ficaremos felizes em esclarecer dúvidas e mostrar os pontos que fazem da nossa marca a melhor opção para quem quer empreender nesse mercado.

Powered by Rock Convert
Guia do empreendedor: saiba o que considerar antes de começar um negócio de franquiaPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário