Afinal, qual o melhor investimento no Brasil hoje?

7 minutos para ler

O ser humano ainda não consegue prever o futuro, mas isso não é impedimento para que ele se prepare para o que estar por vir. Ter uma boa organização financeira, investindo uma parte do seu dinheiro mensalmente, é uma forma de se precaver e ter reservas, garantindo, assim, certa tranquilidade para você e a sua família.

Pensando nessa questão, fizemos este artigo sobre os melhores investimentos no Brasil hoje. A ideia é mostrar quais as opções disponíveis, tendo como base os diferentes perfis de investidores. Continue a leitura e confira!

Entendendo os perfis de risco

Basicamente, o mercado divide os investidores em quatro grupos, que são: conservador, moderado, arrojado e agressivo. Os perfis são baseados na personalidade de cada pessoa ao investir, levando em consideração não só suas características de ações, mas os objetivos que elas têm ao longo da vida.

Alguns aspectos são considerados nesse processo de definição do perfil, como os recursos financeiros disponíveis para investir, o tempo que o montante permanecerá alocado, bem como as suas preferências pessoais. O ideal é conhecer todos eles, a fim de ter mais clareza sobre as particularidades. Conheça-os abaixo.

Conservador

Como o próprio nome adianta, o investidor que tem o perfil conservador prefere apostar em produtos de baixo risco e rentabilidade. Isso é fruto de sua personalidade, o que acaba influenciando os objetivos, normalmente, pautados em não perder dinheiro e preservar o patrimônio.

Tal investidor costuma desejar segurança do que acumulou durante anos de trabalho, mas também pode ser alguém que está iniciando agora nesse mundo de investimentos, receoso de arriscar por não ter experiência.

Moderado

Esse investidor está entre os conservadores e os arrojados. Ou seja, ele preza pela segurança, mas tem maior tolerância a correr alguns riscos em longo prazo, por exemplo, a fim de obter uma maior rentabilidade.

Isso significa que ele poderá escolher investimentos mais arriscados, dada a sua versatilidade e a sua vontade de aproveitar melhor os investimentos. O investidor moderado costuma ter maior conhecimento de mercado que o conservador.

Embora ainda concentre boa parte dos seus investimentos em renda fixa, dada a segurança oferecida, ele não deixa de comprar ativos mais arriscados, mas que oferecem maior lucratividade ao longo do tempo. De modo geral, é alguém que se preocupa em diversificar os investimentos.

Arrojado

Podemos dizer que esse é o investidor que não tem medo de correr riscos a fim de obter uma lucratividade maior. Geralmente, ele busca aumentar o seu patrimônio para cumprir algumas metas de vida, como se aposentar mais cedo ou viver de renda.

O perfil arrojado costuma ter conhecimento de mercado, procura boa rentabilidade e está aberto a exposições medianas a risco em busca de ganhos maiores em médio e longo prazo, mesmo que isso signifique prejuízos em algum momento.

Agressivo

O investidor considerado agressivo ultrapassa os limites do arrojado e aceita correr grandes riscos, porém controlados, se isso significar altos ganhos. A diferença para o arrojado é que, neste caso, o investidor tem ainda mais conhecimento de mercado e não se importa em perder dinheiro em curto prazo, pois sabe que, lá na frente, poderá recuperá-lo.

Geralmente, as pessoas que fazem parte desse grupo contam com um grande conhecimento de mercado, a fim de embasar todas as suas decisões de investimento. A ideia é compor uma carteira que seja, ao mesmo tempo, variada e altamente lucrativa.

Os melhores investimentos no Brasil de acordo com cada perfil

melhor investimento no brasil

Depois de conhecer os perfis de investidor mais comuns do mercado, é hora de entender como compor a carteira de investimentos em cada um dos grupos. Você verá que alguns tipos de ativos são mais presentes para alguns, enquanto, para outros, a preferência é bastante distinta. Confira os melhores investimentos do Brasil!

Conservador

Esse perfil prioriza a segurança; logo, a renda fixa concentra as melhores opções para ele, com um pouco de renda variável inserida na carteira de investimentos. Nesse caso, temos os títulos do Tesouro Direto, CDBs, LCIs, LCAs e as debêntures.

Todos esses produtos são considerados de baixo risco, ou seja, as chances de prejuízos são muito pequenas ao longo tempo, ao mesmo tempo que oferecem uma rentabilidade relativamente boa.

Moderado

Busca por uma rentabilidade superior à que o conservador considera boa, mas sem muitos riscos. Portanto, além dos ativos apresentados no perfil conservador, que servem para que o moderado tenha certa segurança, ele também inclui os fundos multimercados.

A alternativa permite que, em um único produto você esteja inserido no mercado de juros, câmbio e bolsa, seguindo a estratégia de diversificação. Os riscos são diluídos justamente pela composição da carteira, com ações, commodities, moedas e outras.

Arrojado

O perfil arrojado tolera mais riscos. Por isso, contemplando as opções que apresentamos nos outros perfis, ainda temos as ações, que são ativos de renda variável, com volatilidade, mas também maior rendimento.

Nesse perfil, também podemos incluir o CRI e CRA, que, apesar de serem ativos de renda fixa, têm uma rentabilidade boa, bem como as criptomoedas, que apresentam um alto rendimento ao investidor, ainda que muito voláteis.

Agressivo

As ações costumam ser os ativos com maior investimento por parte do perfil agressivo. No entanto, esse perfil também aposta em investimentos com taxas pré-fixadas e indexadas à inflação.

De modo geral, um investimento que atende às necessidades de todos eles são as franquias. O setor vem crescendo e apresenta uma lucratividade acima da média do que negócios iniciados do zero, ao mesmo tempo que oferece segurança ao investidor, podendo ser considerado um dos melhores investimentos no Brasil hoje.

As áreas em alta para se investir

Quem acompanha o mercado de franquias sabe que grande parte das redes presentes no mercado sugerem um período de 24 a 36 meses como prazo para retorno de capital investido. Para aqueles que desejam empreender com um bom retorno e certa segurança de negócio, visto que o modelo foi testado anteriormente, as franquias são boas opções de investimento.

Diante das crises econômicas enfrentadas nos últimos tempos, vale a pena estar atento a alguns fatores, como as tendências de mercado. É muito importante saber quais as necessidades do consumidor, a fim de aplicar corretamente o dinheiro. Entre as áreas mais promissoras, estão as franquias de serviços, alimentação, bem-estar e saúde.

Sobre essa última, vale a pena destacar que a saúde é algo essencial, que não sofre com a sazonalidade, como outros modelos de negócio, justamente porque as pessoas estão sempre precisando desse tipo de serviço. Outro ponto é que não é necessário ser formado na área de saúde para abrir um negócio no ramo.

Geralmente, o tempo de retorno de investimento é menor, sem contar que há opções para diferentes faixas de investimento, ou seja, contempla todos os perfis. Ainda, a demanda pode vir de outras empresas e também da sociedade como um todo, caracterizando um campo amplo de atuação.

Como vimos, o melhor investimento no Brasil hoje varia conforme o perfil do investidor. No entanto, uma coisa é certa: as franquias atendem a todos eles, sendo um investimento consideravelmente seguro e com bom retorno.

Pensando nisso, separamos um artigo sobre as melhores opções de franquia para investir!

Guia do empreendedor: saiba o que considerar antes de começar um negócio de franquiaPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário