Conheça agora os 9 passos para a abertura de uma franquia!

7 minutos para ler

O Brasil é um país empreendedor por natureza. De acordo com uma pesquisa desenvolvida pela MindMiners, ter o próprio negócio é o sonho de 66% dos brasileiros interessados em mais liberdade para se realizarem profissionalmente. Não por acaso, muitos decidem abrir uma franquia.

Esse sonho, aliás, é ainda mais forte do que o de construir uma carreira em uma companhia, segundo o estudo Global Entrepreneurship Monitor.

Nessa busca pela abertura de uma empresa, o sistema de franquias sempre foi uma opção sólida e segura para quem almeja conquistar independência financeira — sem abrir mão de contar com o suporte de uma marca confiável.

Não à toa, o mercado de franquias tem apresentado crescimento contínuo ao longo dos últimos anos. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), divulgados em 2018, esse setor cresceu mais de 8% em 2017, tendo faturamento aproximado de R$ 163 bilhões.

Diante desse panorama, uma dúvida que pode surgir na cabeça de diversos investidores é — quais as etapas centrais para a abertura de uma franquia?

Levando em conta a jornada dos franqueados Odontoclinic, pioneira no sistema de franquias odontológicas no Brasil, nós separamos um passo a passo para que você entenda todo o seu caminho rumo à abertura de uma franquia. Acompanhe!

1. Avaliação pessoal

O primeiro passo antes de fazer qualquer tipo de investimento é entender como ele atenderá às suas expectativas —, e abrir uma franquia é um investimento.

Existem pessoas que querem abrir uma franquia, porque sempre sonharam em empreender. Outras desejam ter uma margem de lucro maior do que aquela que teriam ao colocar o seu capital em outro tipo de investimento financeiro.

Independentemente da motivação, ela deve estar clara para o investidor. Sendo assim, dedique um tempo fazendo uma autoanálise e buscando compreender o que despertou esse sentimento de empreender.

2. Análise financeira

abrir uma franquia

Assim como qualquer investimento, abrir uma franquia requer tempo para trazer retorno. O empresário deve entender isso para organizar suas finanças de maneira adequada, evitando ser surpreendido por contratempos.

O ideal é que toda pessoa tenha uma reserva de emergência em algum investimento de alta liquidez, como um de renda fixa. Esse investimento é um capital que deverá ser usado para as suas despesas pessoais, e não às da empresa.

Aliás, também é recomendado que empresas reservem uma quantia para emergências, focada em investimentos do negócio e no atendimento da franquia, caso algo inesperado ocorra.

3. Estudo sobre o mercado

Se um colega o convidasse para empreender no mercado de músicas por fita cassete, você entraria em tal negócio? Em plena era do streaming, parece uma grande bobagem gastar dinheiro em uma tecnologia que deixou de ser relevante nos anos 2000, certo?

Esse exemplo tem como objetivo mostrar que o empresário deve pesquisar sobre as tendências e oportunidades do mercado no qual deseja investir. Entidades que representam o segmento, universidades, sindicatos, revistas especializadas são algumas fontes de informação que o investidor pode consultar.

A franqueadora também deve disponibilizar uma série de dados sobre tal assunto. Não deixe de ler o máximo possível sobre o tema antes de prosseguir.

4. Cadastro

Primeiramente, o interessado em abrir uma franquia realizará um cadastro em que informa dados gerais sobre seu perfil e os valores que pretende investir. A ideia aqui é coletar uma base de informações inicial para que seja definido seu perfil de franqueado. Na Odontoclinic, esse cadastro é realizado pelo próprio site e leva poucos minutos.

5. Alinhamento com a franquia

Após o preenchimento do cadastro inicial, é agendada uma reunião entre o investidor interessado e os franqueadores para que haja um alinhamento de objetivos. A intenção é que o futuro franqueado conheça um pouco da história da franquia e conte um pouco mais sobre seu perfil e trajetória. Essa é a hora ideal para que o investidor tire todas as suas dúvidas e inicie sua jornada empreendedora com o pé direito.

Na Odontoclinic, além de tudo isso, nessa etapa, o futuro franqueado já tem a oportunidade de conhecer uma unidade da rede, assim entende melhor seu funcionamento e padrões de qualidade.

Empreender equivale a fazer um investimento. Quanto mais as pessoas conhecem sobre isso, mais chances elas têm de obter retorno financeiro elevado. Ao abrir uma franquia, tal lógica também deve ser seguida. Sendo assim, aproveite essa etapa para tirar dúvidas e avaliar o investimento.

6. Estudo da região e potencial de faturamento

Nessa fase, é apresentado um estudo detalhado do potencial de faturamento da região, bem como do modelo financeiro da franquia, com o objetivo de definir, entre outras questões, qual a melhor localização para que sua clínica odontológica tenha grandes chances de sucesso.

Em tal etapa, o futuro franqueado deverá colocar todos os números na ponta do lápis, avaliando o potencial de uma franquia para atingir seus objetivos financeiros.

7. Suporte para a implantação da franquia

Com o contrato assinado, esse sonho começa a se tornar realidade. Durante o processo de implantação da franquia, o franqueado recebe todo o suporte dos franqueadores para que sejam assegurados os objetivos comuns de crescimento.

Nesse momento, a Odontoclinic, por exemplo, oferece para todos os seus franqueados o projeto da clínica, a lista de fornecedores homologados e toda a base para a reforma ou adaptação do espaço que abrigará uma nova unidade Odontoclinic.

Esse suporte é fundamental para que o empreendedor tenha mais agilidade ao desenhar processos fundamentais para o funcionamento do seu negócio, como as aquisições.

8. Treinamento das equipes

Na última etapa antes da inauguração da franquia, as equipes da unidade são treinadas visando absorver o padrão de atendimento e excelência da franquia.

Nesse passo, a Odontoclinic realiza uma semana de treinamentos intensos em uma unidade da rede com o franqueado e seu time de colaboradores, oferecendo ainda todo o suporte para a contratação e capacitação de novas equipes.

Treinar adequadamente o seu time faz parte das estratégias de marketing, uma vez que o bom atendimento consegue fidelizar clientes, fazendo com que eles recomendem a sua marca para amigos e parentes.

Ao mesmo tempo, o treinamento correto ajuda a empresa a melhorar o seu processo de atendimento ao cliente, reduzindo as chances de uma crise de imagem, por exemplo.

 9. Inauguração

Por fim, com os documentos em dia, reforma pronta e equipes alinhadas, é hora de inaugurar sua unidade e partir para o sucesso! Lembre-se de que a inauguração da unidade inicia a sua jornada empreendedora — ou seja: o trabalho está só começando.

Os estudos mercadológicos sugeridos neste artigo não devem ser efetuados apenas no planejamento antes de abrir uma franquia. O mercado muda constantemente, e você precisa estar atento a essas transformações. Contudo, quem trabalha com a Odontoclinic tem acesso a relatórios sobre o segmento odontológico, podendo tomar decisões com mais segurança.

Entendeu esse percurso e quer fazer parte da Família Odontoclinic? Então acesse nosso site, conheça um pouco mais da nossa história e fale conosco para juntos seguirmos uma jornada de crescimento!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário