Como montar uma franquia?

6 minutos para ler

Vale muito a pena saber como montar uma franquia, especialmente por se tratar de um sistema misto de segurança para quem investe e para quem gere o negócio. Cadeias de restaurantes, drogarias, lojas de materiais para construção e vendas de cosméticos são só alguns exemplos de negócios que fazem sucesso no segmento.

Também não são poucos os casos de franquias que oferecem serviços. Elas são mais comuns nas áreas de educação, saúde e estética.

Para se tornar um case de sucesso, a franquia demanda inteligência por parte da franqueadora e do franqueado. Este último, por exemplo, deve se adequar a uma série de regras, se quiser receber um modelo de negócio pronto, junto de uma marca ou patente.

Neste artigo, vamos explicar quais são os passos indispensáveis para você montar uma franquia. Ao longo das próximas linhas, você terá contato com a segurança que esse modelo oferece e um ponto de partida para investir nesse tipo de negócio. Confira!

Comece com um bom plano de negócios

A franquia representa a concessão de uma marca ou patente a quem a contrata. O franqueado, como é conhecida essa parte, deve atender a padrões de qualidade e assimilar procedimentos gerenciais para fazer jus a essa seção.

Ou seja, a franquia representa um modelo de negócios pronto. No entanto, para ser bem-sucedida, ela precisa de um plano de negócios. Afinal, esse planejamento registra o passo a passo da empresa rumo aos seus objetivos, e também é oferecida pela franqueadora, que realiza diversos estudos, verifica a viabilidade do ponto, potencial de faturamento e outros.

E sendo a franquia uma modalidade que pressupõe o pagamento de uma parte do seu faturamento em troca da patente e, em alguns casos, também de assimilação de métodos de venda, ela deve ser muito bem pensada e planejada.

Avalie o mercado e a empresa

como montar uma franquia

A análise SWOT é uma ferramenta estratégica para o conhecimento das forças e fraquezas do seu negócio. Ela tem o poder de demonstrar as peças de xadrez no jogo da concorrência, investindo naquilo que tem de melhor e evitando as práticas que evidencia os pontos fracos de um negócio.

Se você é um investidor em busca de opções seguras, deve, sobretudo, compreender os pontos fortes do negócio em que vai investir. Todo empreendimento tem elos fracos, mas é a capacidade estratégica que compensa uma coisa com outra. Por isso, pontue e opine estrategicamente sobre aquilo em que vai investir.

E não se esqueça de fazer uma análise do mercado e dos concorrentes. Preços, posicionamento de marca e o objetivo de alcançar os sonhados oceanos azuis (posicionamentos inexplorados de mercado que não pressupõem concorrência) são boas ideias de caminhos a trilhar.

Veja quais são os documentos e etapas exigidos

Dar seguimento a cada etapa é muito importante. Se estiver atento a elas, você vai ser obrigado a pensar algumas estratégias e ações, o que não faria se a adesão fosse algo informal e pouco sistematizado:

  • preencher um cadastro para pleitear a franquia;
  • estudar o modelo de negócio da franqueadora;
  • tirar dúvidas iniciais;
  • assinar a Circular de Oferta de Franquia (COF);
  • receber um estudo de geomarketing adaptado à sua região;
  • visitar alguns franqueados para ver o negócio funcionando na prática;
  • assinar o contrato e pagar a taxa de franquia.

Saiba o que é a Circular de Oferta de Franquia

A franqueadora reúne as informações relevantes à sua franquia em um documento, cuja finalidade é atrair e instruir possíveis investidores a respeito do funcionamento dela. Esse documento é conhecido como Circular de Oferta de Franquia (COF).

A Circular é instituída pelo artigo 3º da Lei 8955/94, sendo padronizada no seu teor e nas informações que veicula. É por meio dela, por exemplo, que você ficará sabendo quais são os termos rescisórios, as obrigações estabelecidas entre a franqueadora e franqueado e outros.

Assim, um contrato de franquia assinado sem a emissão do COF pode ser anulado, do mesmo modo como podem haver consequências legais para ambas as partes. Ela é emitida 10 dias antes da assinatura desse contrato, para que haja tempo suficiente para a negociação dos termos da franquia.

Ainda segundo a lei e para facilitar sua leitura e o diálogo entre franqueadora e franqueado, a Circular de Oferta de Franquia deve ser escrita em português mesmo que a empresa franqueadora seja estrangeira.

Mantenha a visão estratégica

Calcule bem a quantidade de contratações que vai ser necessária para que o seu negócio não consuma o seu tempo. Ao adquirir a franquia, você precisa estar atento nas estratégias de vendas e gestão e não preso a trabalhos operacionais. A Odontoclinic oferece suporte nas primeiras contratações, o que reduz a quantidade de erros nesse momento.

Além disso, é possível se inspirar em outros franqueados da mesma marca para chegar a um modo de funcionamento enxuto, com poucos custos e otimizado operacionalmente. Isso evita desperdícios e estresse.

Assim, tome cuidado com o excesso de trabalho não estratégico, principalmente se você é do tipo que gosta de se antecipar aos outros e resolver problemas. Essa, com certeza, é uma grande qualidade, mas pode afastá-lo do que realmente importa no seu negócio.

Saiba qual é a sua capacidade de investimento

Saber quanto e como investir, muitas vezes, é uma questão de escalabilidade. Por essa palavra, entende-se a capacidade de um negócio crescer sem que seus custos subam na mesma proporção. Então, talvez seja esse o maior motivo para se aderir a uma franquia: são modelos testados e colocados à prova em situações boas e ruins economicamente de um país.

Com um trabalho sistematizado como esse, você estará muito mais próximo de expandir seus investimentos, conquistando o retorno em prazos menores e de uma forma mais segura. Pense, por exemplo, no investimento em serviços em uma área necessária como a da saúde. Setores econômicos como esse são contratados por toda a população e consistem em ofertas nunca excessivas ou desnecessárias.

Se o que você busca é segurança dos investimentos e retorno rápido, já passou da hora de aprender como montar uma franquia. Esperamos que essas dicas tenham servido como um ótimo ponto de partida para você!

Se quiser mais informações a respeito, não deixe de acompanhar a Odontoclinic nas redes sociais. Curta nossa página no Facebook, nosso perfil no Instagram e veja nossas publicações no LinkedIn!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário