Franquia odontológica: por que abrir uma é a melhor opção para o dentista?

6 minutos para ler

Abrir uma clínica própria ou investir em uma franquia odontológica é uma dúvida comum à pessoa que deseja ter o seu próprio negócio. Entretanto, existem vários fatores que precisam ser considerados nesse momento, pois há diferenças importantes entre os dois modelos.

Uma das dificuldades no início de uma clínica própria é fazer com que a marca cresça e ganhe destaque no mercado, pois é preciso investir na divulgação, o que pode levar certo tempo até atingir o resultado esperado. Essa é apenas uma das razões pelas quais optar pelo modelo de franquia é uma alternativa interessante.

A seguir, vamos mostrar o que é uma franquia e os benefícios de investir em um negócio que já tem o nome consolidado no mercado. Continue a leitura para saber mais!

Entenda o que é uma franquia odontológica

A franquia para dentistas é um modelo de negócio que oferece uma série de serviços odontológicos, como implantes dentários, tratamentos clínicos e ortodônticos, odontopediatria, entre outras áreas de saúde bucal, sob o formato de franquia.

Na prática, o dentista ou o investidor — já que não é preciso ser dentista para investir nesse modelo de negócio — conta com todo o apoio da franqueadora para a estruturação e a gestão da empresa.

Isso significa que há o suporte para fazer a escolha do ponto comercial, na preparação do espaço — de acordo com as características da rede — e no treinamento dos colaboradores. Além disso, também há o apoio em outros setores do negócio, como na área de marketing e na assistência jurídica e administrativa.

Saiba por que abrir uma franquia

O modelo de franquia representa um baixo risco de mortalidade em um período de 10 anos, portanto, é considerado um investimento de baixo risco. De acordo com as estimativas do Sebrae, a taxa de fechamento de empresas franqueadas nesse período é de 15%, enquanto nas empresas independentes o índice é de 75%.

De acordo com o balanço consolidado sobre o Desempenho do Franchising Brasileiro, em 2019, publicado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor mantém o ritmo de crescimento e apresentou um aumento no faturamento de 6,8% com relação ao ano anterior.

Já com relação às franquias voltadas à área da saúde, a variação do faturamento referente ao ano anterior cresceu 7,2% e houve um aumento de 4% de novas unidades. Existem diversas razões que contribuem para que esses números sejam crescentes. Confira, a seguir, os principais benefícios.

Ter um nome conhecido

Uma das principais vantagens de investir em uma franquia é o nome consolidado que o negócio já tem. Para os profissionais que acabaram de se formar, por exemplo, construir uma marca forte pode ser bem demorado, pois é preciso tempo até que as pessoas conheçam a qualidade do trabalho oferecido, ou seja, é necessário organizar a construção da marca desde a fase inicial.

No modelo de franquia, essa etapa já foi superada e a empresa já é reconhecida no mercado. Isso representa um grande benefício para o negócio, pois os clientes conhecem o padrão de qualidade dos serviços prestados pela empresa e, portanto, sabem que serão bem atendidos.

Contar com o apoio da franqueadora

Para administrar uma empresa, é preciso executar uma série de atividades que não fazem parte da rotina de um profissional de odontologia — cuidar de campanhas de marketing e negociar com fornecedores são apenas algumas delas. Ao investir em um modelo de franquia, o franqueado tem o apoio total da franqueadora em diversas funções administrativas.

Isso significa que é muito mais simples fazer a gestão da franquia, pois há todo um auxílio oferecido pela franqueadora, como a negociação com os fornecedores para melhores condições na compra de insumos, ofertas de treinamentos para os colaboradores e muito mais.

Além do auxílio em como desenvolver os processos, também há o suporte em tecnologia, pois a franqueadora dispõe de ferramentas tecnológicas para facilitar a gestão empresarial e, com isso, otimizar tarefas como o controle de fluxo de caixa, o controle de estoque e o acompanhamento dos indicadores de desempenho.

Dispor de um plano de negócio já desenvolvido

Outra tarefa que é muito trabalhosa para quem deseja abrir a própria empresa é o desenvolvimento de um plano de negócio. Essa é uma atividade essencial para evitar o desperdício de dinheiro, pois é um estudo detalhado sobre a viabilidade do empreendimento, em que é preciso fazer uma série de pesquisas de mercado para evitar os riscos de que a empresa não prospere.

O plano de negócio de um modelo de franquia já está em funcionamento. Em outras palavras, existem outras empresas franqueadas que podem comprovar o sucesso do investimento, em função de rendimentos já obtidos. Portanto, ao novo franqueado cabe a tarefa de manter o padrão de qualidade para conquistar os mesmos resultados ou, ainda, superá-los.

Usufruir do marketing da franqueadora

Uma das maiores dificuldades de uma nova empresa é conseguir atrair clientes. De acordo com o último estudo sobre a Sobrevivência das Empresas no Brasil feito pelo Sebrae, em 2016, a dificuldade para a captação e fidelização de clientes é uma das principais dificuldades enfrentadas por elas no primeiro ano de atividade, com 28% de 2 mil negócios pesquisados.

Além disso, 28% dos empreendedores responderam que se a empresa tivesse mais clientes teria evitado o fechamento do negócio. Investir em uma eficiente estratégia de marketing é uma forma de evitar que a empresa faça parte de estatísticas como essas. Entretanto, essa não é uma tarefa simples para pequenos empresários, pois muitas vezes são necessários investimentos que nem sempre cabem no orçamento.           

Essa é outra vantagem de investir em um modelo de franquia, pois essa atividade é feita em conjunto. Boa parte das peças a franqueadora já tem. Porém, na maioria das vezes o franqueado precisará apenas fazer um pedido e receberá o material rapidamente. Portanto, a franqueadora oferece um grande suporte para praticamente tudo. 

Além disso, não é necessário investir em site próprio, pois a empresa fará parte da relação de unidades disponíveis no site da rede franqueada, o que garante mais economia e praticidade para o franqueado.

Optar por uma franquia odontológica é uma forma de fazer um investimento no setor com mais segurança. Entre os fatores que determinam o sucesso nessa opção, estão o fato de contar com um nome reconhecido no mercado e ter o apoio da franqueadora em diversas atividades, como na definição do plano de negócio e no aproveitamento da estratégia de marketing.

Agora que você já sabe como uma esse modelo de negócio é uma excelente opção para o dentista, confira quanto custa uma franquia e dê o primeiro passo para fazer essa escolha!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário